Compartilhe-nos

Siga-nos

horariosdeaula
 
 
SAREO.png
 
 

Engenharia de Minas

A Engenharia de Minas da UNIPAC Lafaiete é um ramo da engenharia que cuida da extração dos minérios da natureza e da separação de matérias-primas minerais úteis, tem como base as ciências exatas. Baseia-se no estudo das fontes minerais que são necessárias ao bem viver do homem de forma geral. Na evolução do curso, o aluno entra em contato com processos que lhe transmite informações sobre extração, lavra, identificação mineralógica, caracterização de composição mineral, processamento e por fim o uso dos mesmos na metalurgia. O comprometimento com a ética e a formação humanística, aliada às novas tendências do Engenheiro de Minas da UNIPAC Lafaiete compõem o perfil do profissional qualificado à nossa realidade industrial, preparando seus alunos para o desempenho de diversas funções no ramo da mineração.

Ato Autorizativo:

Reconhecido pela Portaria do Ministério da Educação nº 125, de 15 de março de 2013, publicada no D.O.U. em 19 de março de 2013.

Duração:

Carga horária de 3800h, com duração de 5 anos.

Objetivos do curso:

A Engenharia de Minas da UNIPAC Lafaiete faz parte de um ramo da engenharia que se dedica a preparar o engenheiro para a extração dos minérios da natureza, bem como da separação das matérias-primas minerais úteis, ela tem como base o raciocínio lógico, apoiado nas ciências exatas, sociais e ambientais. Nela se desenvolvem estudos das fontes minerais que serão necessárias ao bem viver do homem de forma geral, bem como da sociedade regional, nacional e global.
À medida em que curso evolui, os alunos entram em contato com processos que lhes transmitem informações para que construam, de forma orientada, conhecimentos sobre extração, lavra, identificação mineralógica, caracterização de composição mineral, processamento e beneficiamento, e por fim, do uso desses recursos na indústria metalúrgica.
O comprometimento com a ética e a formação humanística, aliada às novas tendências do Engenheiro de Minas, na UNIPAC-Lafaiete, compõe o perfil do profissional que é qualificado à nossa realidade industrial, preparando-o para seu desempenho em diversas funções no ramo da mineração, desde sua ação ativa no processo minerário, até a atenção e responsabilidade com a empresa e sociedade, capacitando-o também para a ação gestora que esta prática profissional demanda

Objetivos Específicos

• Executar fundamentação teórica que garanta o desenvolvimento de habilidades necessárias para a transformação, criação, resolução de problemas, considerando os aspectos éticos, de saúde, de segurança, sociais e políticos, ambientais e culturais, econômicos e de sustentabilidade;
• Traçar diretrizes visando criar um ambiente no qual, professores e alunos se envolvam num processo de ensinar/trabalhar/aprender, num convívio harmonioso, tendo como meta maior, fazer desse tempo de Escola de Engenharia o melhor das nossas vidas;
• Traçar estratégias para a conquista da autonomia pessoal e intelectual necessária para o desenvolvimento da capacidade empreendedora e da compreensão dos processos para prevenção de acidentes;
• Apresentar a reflexão crítica sobre o processo industrial, social e operacional dos mecanismos de produção mínero-metalúrgicos e capacitá-los tecnicamente para a concepção e coordenação de programas de melhoria do desempenho operacional através da adequada operação e interação com a tecnologia praticada, assim como a elaboração de recomendações específicas visando o crescimento das condições técnico-organizacionais dos fluxogramas de operação mínero-metalúrgicos;
• Discutir sobre a inovação científico-tecnológica e seus impactos sócio-político-econômico-culturais e também como os mesmos poderão ser utilizados de maneira a não colocar em risco a vida do trabalhador ou demais pessoas;
• Formular uma visão holística do trabalho do Engenheiro de Minas e como o mesmo poderá atuar de maneira a oferecer um trabalho no qual seja imperativo uma melhor qualidade de vida para o profissional e demais envolvidos no processo de produção e/ou serviço;

• Preparar profissionais com uma formação humanística forte, sendo capazes de agir de forma ética, a partir da análise dos problemas do mundo que os cercam;
• Especificar a capacidade de gerenciar equipes, valorizando as qualidades e respeitando seus valores e crenças.

Perfil do Egresso:

O currículo do curso de Engenharia de Minas da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Conselheiro Lafaiete está organizado em consonância com a Resolução CNE/CES 11/2002, que instituiu as diretrizes curriculares nacionais para os cursos de engenharia, e tem como perfil a formação do Engenheiro capacitado a elaborar, planejar, analisar e gerir projetos de mineração bem como intervir e aprimorar projetos previamente em andamento. Esta formação tem o intuito de utilizar os recursos técnicos e científicos atualizados como meio de melhorar as condições de vida da sociedade e garantir o zelo e sobrevivência do meio ambiente, apurar e flexibilizar a capacidade de assimilação de novas técnicas de conhecimento e tecnologias, apurar o senso crítico no que diz respeito a aplicação da tecnologia e no trabalho multidisciplinar, conhecer técnicas de gerência de projetos e desenvolver habilidades para aplicá-las dentro da área da engenharia de minas, mantendo sempre a atenção para as necessidades sociais e ambientais necessárias.

Matriz curricular:

Arquivo em anexo

Laboratórios Específicos:

Coordenação:

Prof. Adriano Raimundo Totou.

Mestrado em Engenharia Mineral, UFOP - Universidade Federal de Ouro Preto. Dissertação: EFEITO DA DISPERSÃO NA DESLAMAGEM E FLOTAÇÃO DE MINÉRIOS HEMATÍTICOS ITABIRÍTICOS. Ano de obtenção: 2010

Graduação em Engenharia de Minas, UFOP - Universidade Federal de Ouro Preto, 2003.

Corpo Docente:

O curso de Engenharia de Minas da UNIPAC Lafaiete possui em seu quadro docente uma equipe multidisciplinar composta por especialistas, mestres e doutores.

  1. Adriano Raimundo Totou Professor Mestre
  2. Alexandre Santos Nunes Professor Especialista
  3. Alfredo Ganime Jr. Professor Especialista
  4. Alisson Rodrigo dos Santos Professor Especialista
  5. André Luciano de Carvalho Professor Doutor
  6. Claudiano de Jesus de Souza Professor Mestre
  7. Cristina da Rocha Alves Professor Mestre
  8. Daniella Inácio de Barros Professor Mestre
  9. Darlan Roberto dos Santos Professor Doutor
  10. Eduardo Luiz Miranda Lobo Professor Mestre
  11. Erivelto Luís de Souza - Coordenador Professor Doutor
  12. Fernanda Monteiro de Castro Professor Especialista
  13. Flávia Emery Pereira Sudário" Professor Especialista
  14. Gerson Luiz Dias da Rocha Junior Professor Especialista
  15. Grace Marisa Miranda de Paula Professor Especialista
  16. Ismarley Lage Horta Morais Professor Mestre
  17. José Antonio dos Santos Professor Especialista
  18. Maria José Pereira Magalhães Professor Especialista
  19. Michele Cristina Rufino Barbosa Professor Mestre
  20. Patrícia Aparecida Ferreira de Souza Professor Mestre
  21. Teresa Cristina Ibrahim Ferreira Professor Especialista
  22. Thiago Cristian Barbosa Nunes Professor Especialista
  23. Wanderson da Silva Chaves Professor Mestre

Núcleo Docente Estruturante:

O Núcleo Docente Estruturante (NDE) é órgão consultivo e de assessoramento, vinculado ao Colegiado do Curso, responsável pela concepção e atualização do Projeto Pedagógico do Curso e a implementação do mesmo. É constituído pelo coordenador de curso e por docentes com expressiva formação da área da administração.
Com a participação efetiva do NDE nas ações do curso há uma promoção do processo de ensino e aprendizagem, o que favorece a efetivação do perfil do egresso, auxilia na construção dos planos de ensino para viabilizar a aquisição de conhecimento e acompanha todas as atividades do corpo docente, encaminhando aos colegiados de curso sugestões melhorias no ensino.

Professores do NDE:

Adriano Raimundo Totou
Luiz Cláudio de Carvalho
Gumercindo Alves de Oliveira Neto
André Luciano
Alexandre Nunes

Sex Hikayeleri